Campeões do Mundo! A paixão e tecnologia do ‘Made in Italy’ conquistam o MotoGP

Campeões do Mundo! A paixão e tecnologia do ‘Made in Italy’ conquistam o MotoGP

Os limites existem para ser ultrapassados. Os desafios para serem superados. Os recordes para serem batidos.
.
A história repete-se. Campeões do Mundo! Graças à vitória no Grande Prémio da Comunidade Valenciana, a dupla italiana composta por Francesco Bagnaia e pela Desmosedici GP do Ducati Lenovo Team conquistam o Título Mundial de MotoGP pelo segundo ano consecutivo, terminando na tabela final à frente de dois outros pilotos Ducati: Jorge Martín (Pramac Racing Team) e Marco Bezzecchi (VR46 Racing Team). O pódio totalmente Ducati em MotoGP coroa uma temporada recorde para a Ducati, que conseguiu vitórias em todos os principais Campeonatos do Mundo em duas rodas.
.
Para além de ser uma fonte de enorme alegria para os Ducatisti em todo o mundo, a magnífica confirmação de Bagnaia em MotoGP. A defesa do título de Álvaro Bautista em WorldSBK e o primeiro sucesso de Nicolò Bulega em WorldSSP, são a demonstração de uma filosofia clara: em Borgo Panigale o desejo de melhorar não tem limites!
.
O fio comum que une todos os sucessos da temporada desportiva da Ducati Corse assenta na excelência da engenharia que levou as Desmosedici GP, Panigale V4 R e Panigale V2 a serem as melhores motos da grelha nos seus respetivos campeonatos. De facto, a conquista de três Títulos Mundiais de Pilotos é combinado com a tripla vitória na categoria de Construtores para a Ducati numa história que, uma vez mais, fala do talento, paixão e dedicação do ‘Made in Italy’.
.
Nenhum outros fabricante de motos antes da Ducati havia sido capaz de vencer ambos os Títulos Mundiais de MotoGP e WorldSBK em duas temporadas consecutivas. Para a Ducati, o único construtores não-japonês capaz de vencer um Campeonato do Mundo em MotoGP, este é o terceiro Título de Pilotos na sua história, enquanto o número de Títulos Mundiais de Superbike ganho pelos pilotos de Borgo Panigale é de 16.
.
A temporada 2023 de MotoGP 2023 fala-nos de uma notável supremacia técnica das motos Ducati, que reescreveram alguns recordes significativos no mais importante Campeonato do Mundo das duas rodas, tais como o maior número total de vitórias numa única época (17 Grandes Prémios em 20) e o recorde do maior número de pilotos diferentes capazes de vencer pelo menos um Grande Prémio (6 – Bagnaia, Bastianini, Bezzecchi, Di Giannantonio, Martín, Zarco).
.
Claudio Domenicali, CEO da Ducati: “Há um ano, recordo-me que, juntamente com fãs de todo o mundo, celebrámos os Títulos Mundiais de MotoGP e Superbike com uma alegria e entusiasmo avassaladores. Hoje, encontramo-nos uma vez mais numa condição de extraordinária felicidade, mas, ao mesmo tempo, queria definir esta como uma ‘vitória da tomada de consciência’ de sermos neste momento os melhores do mundo na competição. O Pecco fez uma temporada incrível e hoje reescreveu a nossa história uma vez mais, tornando-se o primeiro piloto Ducati a sagrar-se Bicampeão do Mundo de MotoGP. Quero também dar os parabéns ao Jorge por ter mantido aceso este duelo pelo título até à última corrida e ao Bez, que fez parte da luta pelo Campeonato do Mundo durante muito tempo. O pódio na tabela final de MotoGP recompensa três pilotos Ducati, e esta é a maior e mais evidente demonstração da nossa supremacia na competição em duas rodas. Termo-nos confirmado a este nível após uma fantástica temporada como tinha sido a de 2022 foi um desafio complexo, que acolhemos com paixão e orgulho. A competência e a dedicação com as quais todos trabalhámos durante esta temporada permitiu-nos melhorar os resultados do ano passado, acrescentando os Títulos Mundiais de Supersport aos de MotoGP e Superbike. A todas as mulheres e homens da Ducati e da Daucati Corse, quero dizer que não podia estar mais orgulhoso, enquanto, aos Ducatisti, prometo que nem mesmo desta vez estamos satisfeitos, e que iremos trabalhar para vencer novamente.”
.
Na bandeirada de xadrez do Grande Prémio de Valência, o triunfo de Bagnaia foi saudado com grande entusiasmo dentro da box do Ducati Lenovo Team, bem como na Bancada Ducati no circuito espanhol e também em Borgo Panigale, onde os funcionários da Ducati viveram esta última corrida com os olhos colados ao ecrã gigante montado na empresa.
.
Para a Ducati, é agora tempo de celebrar os Campeonatos do Mundo de MotoGP, WorldSBK e WorldSSP . O encontro está marcado para o próximo dia 15 de dezembro em Bolonha, quando todos os protagonistas irão celebrar os fantásticos resultados alcançados nesta inesquecível temporada desportiva